FIQUE POR DENTRO DE TUDO SOBRE OFTALMOLOGIA

Avatar
03/jan/2022

Hipermetropia é uma condição da visão em que os objetos próximos parecem desfocados, mas os objetos distantes são mais claramente visíveis.

é popularmente conhecida como dificuldade de enxergar de perto. Afinal, é um problema de refração comum, em que a imagem nos olhos se forma depois da retina e não exatamente sobre ela, o que dificulta a capacidade do cérebro de processar a imagem corretamente.

Na hipermetropia não há dificuldade em enxergar objetos de longe, mas quando você se aproxima, se torna mais difícil focalizá-los

Hipermetropia e miopia: qual a diferença?

miopia é uma condição comum em que a pessoa vê objetos próximos com clareza, mas objetos mais distantes são borrados.

Já a hipermetropia é uma condição contrária, na qual a pessoa enxerga objetos distantes com clareza, mas tem dificuldades em enxergar de perto.

 

✅Fale agora mesmo com a nossa equipe

https://wa.me/5511968467280


Avatar
17/dez/2021

Lasik é uma cirurgia refrativa que corrige problemas oculares. Esse procedimento é feito com lasers de alta precisão, sendo considerada uma das cirurgias mais eficazes.

Confira 5 curiosidades sobre a cirurgia

1º O procedimento é indolor e dura poucos minutos;

2º Além da miopia, o procedimento corrige outros problemas como astigmatismo e hipermetropia;

3º A cirurgia só é feita após os 18 anos de idade;

4º Os três métodos de cirurgia refrativa a laser (Lasik, PRK e técnica Smile);

5º O paciente poderá rapidamente, voltar a trabalhar.

✅Fale agora mesmo com a nossa equipe


Avatar
03/dez/2021

O pterígio consiste em um crescimento de tecido fibrovascular semelhante à conjuntiva sobre a córnea do olho. É conhecido popularmente como “carne crescida“, “vilídea“ ou, às vezes, é erroneamente denominado de “catarata“. No entando, pterígio e catarata são patologias distintas.

O pterígio normalmente cresce de forma lenta durante a vida e pode parar seu crescimento em certo ponto. Em casos avançados, a lesão continua progredindo até recobrir o eixo visual correspondente à pupila e interferir na visão

Prevenção

Não são conhecidas medidas preventivas contra o pterígio, mas alguns cuidados podem retardar o aparecimento e evolução da doença. É importante evitar a exposição excessiva ao sol e qualquer fonte de irradiação.

Sempre que possível, deve-se usar óculos escuros, que devem ser escolhidos levando em conta o modelo com tamanho e coloração adequados para proteger toda a área dos olhos e lentes com proteção UVA e UVB.

 

✅Fale agora mesmo com a nossa equipe

https://wa.me/5511968467280


Avatar
26/nov/2021

 

O glaucoma é causado por diferentes enfermidades que, na maioria dos casos, levam a um aumento da PIO (Pressão Intra Ocular). O aumento da pressão é causado por um bloqueio do escoamento do fluído no interior do olho. Com o tempo isto causa dano ao nervo óptico. Através da detecção precoce, diagnóstico e tratamento, você e seu oftalmologista podem ajudar a preservar sua visão.

Pense em seu olho como em uma pia, na qual a torneira e o ralo permanecem permanentemente abertos.

Quando o ralo da pia entope, o líquido não consegue escoar, da mesma forma o líquido aquoso não consegue deixar o olho tão rapidamente quanto é produzido. No entanto, como o olho é um compartimento fechado, o fluxo retrógrado causa aumento da pressão intra-ocular. Chamamos isto de glaucoma de ângulo aberto.

Para entender como o aumento da pressão afeta o olho, pense em seu olho como se fosse um balão. Quando muito ar é soprado para dentro de um balão, a pressão aumenta, causando seu estouro. Mas o olho é resistente demais para estourar. Esta pressão aumentada passa a atuar sobre a parte mais fraca do olho: o Nervo óptico.

O nervo óptico é à parte do olho que carrega a informação visual até o cérebro. É formado por mais de um milhão de células nervosas. Quando se eleva a pressão no olho, as células nervosas tornam-se comprimidas, o que as danifica, e eventualmente até causa sua morte. A morte destas células resulta em perda visual permanente. O diagnóstico e o tratamento precoces do glaucoma podem prevenir esta situação.

TIPOS DE GLAUCOMA

Existe uma variedade de tipos de glaucoma. As formas mais comuns são:
• Glaucoma primário de ângulo aberto
• Glaucoma de pressão normal
• Glaucoma de ângulo fechado
• Glaucoma agudo
• Glaucoma pigmentar
• Síndrome de esfoliação
• Glaucoma pós-trauma

Quem está sob risco

Todas as pessoas deveriam ser informadas sobre o glaucoma e seus efeitos. É importante para cada um de nós, criança e adultos, uma avaliação periódica da função visual, pois apenas a detecção precoce e o tratamento correto podem prevenir a perda da visão e mesmo a cegueira.

Existem algumas condições especiais que pode colocar determinadas pessoas em maior risco de desenvolvimento do glaucoma, são elas:

  • Pessoas acima de 30 anos: apesar de desenvolver-se em qualquer faixa etária, as pessoas acima de 30 anos tem uma chance maior de desenvolvimento da doença.
  • Pessoas com história familiar de glaucoma: o glaucoma parece ter predileção por acometer determinadas famílias. A tendência pode ser herdada. De qualquer forma, não basta ter uma pessoa na família com a doença para também desenvolvê-la.
  • Pessoas com descendência africana ou asiática: estas etnias têm uma predisposição especial a desenvolver glaucoma primário de ângulo aberto do que as outras.

Pessoas que possuem:

  • Diabetes
  • Miopia
  •  Uso prolongado de esteróides (corticóides)
  •  Alguma lesão ocular prévia

 


Avatar
25/nov/2021

Para melhor perceber o que é ceratocone nos olhos, observe a figura acima. Observe a imagem da esquerda e veja a curvatura típica de uma córnea normal. Como pode observar no olho com ceratocone a curvatura da córnea está modificada e consequentemente as imagens ao passarem pela córnea são distorcidas provocando alterações na visão das pessoas com ceratocone (imagem da direita). As alterações na córnea induzem miopia e astigmatismo miópico. A miopia e o astigmatismo são dois tipos de erros refrativos.

“O ceratocone é uma doença degenerativa que provoca a deformação da córnea, que é a membrana transparente que protege o olho, tornando-a mais fina e curva, adquirindo a forma como o nome mesmo já diz, como um pequeno cone”.

Geralmente, o ceratocone surge por volta dos 16 anos com sintomas como dificuldade para enxergar ao perto e sensibilidade à luz, que acontecem devido à deformação da membrana do olho, que acaba desfocando os raios de luz dentro do olho.

As pessoas podem ter:

Na visão: visão embaçada, visão distorcida, astigmatismo, dificuldade de enxergar em ambientes com pouca luz, miopia, sensibilidade à luz ou visão dupla o que é o mais comum.

Faça uma consulta pelo menos uma vez ao ano, previna -se de doenças indesejáveis

✅ Fale com a nossa equipe e agende pelo nosso WhatsApp 011968467280


Avatar
10/jun/2019

 

“O Teste do reflexo vermelho (teste do olhinho) deve ser realizado pelo Pediatra, conforme a Lei e é uma forma de triagem bem estabelecida, com excelente relação custo-benefício e adequada à realidade do nosso país. Já o uso irrestrito da fotografia de fundo para triagem de crianças saudáveis não deve ser recomendado no momento atual”.

Esta é a conclusão de documento emitido pela Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica (SBOP), baseada nas recomendações da Associação Americana de Oftalmologia Pediátrica e Estrabismo (AAPOS) e na literatura médica disponível.

O documento foi motivado por manifestações surgidas em meios de comunicação sugerindo que a fotografia de fundo de olho de grande angular, o chamado teste do reflexo vermelho ampliado, seria o meio mais adequado para realização de triagem de possíveis problemas oculares em recém-nascidos.

A SBOP esclarece que a fotografia de fundo de olho de grande angular é uma excelente ferramenta para acompanhamento de crianças com patologias como retinoblastoma, retinopatia da prematuridade e cicatrizes corioretinianas, mas não para a realização de triagens em grande escala, função cumprida de forma excelente pelo teste do olhinho

Veja a íntegra do documento da SBOP aqui

Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia


Avatar
10/dez/2018

Muitas doenças oculares são silenciosas e irreversíveis se descobertas tarde de mais. É recomendado que seja realizada avaliação médica periódica para prevenir um diagnóstico tardio. Quanto antes identificadas, muitas delas podem ser controladas com o acompanhamento constante de um médico especialista.

*AGENDE JÁ SUA AVALIAÇÃO OFTALMOLÓGICA COM NOSSOS MÉDICOS ESPECIALISTAS EM OLHOS*

WhatsApp: (11)97242-4190
Fone: (11)5525-6925


CURTA A PÁGINA DA CLÍNICA ALAMEDA NO FACEBOOK

Clínica Alameda- Todos os Direitos Reservados - 2019 - www.clinicaalameda.com.br